Follow by Email

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Lição de vida! 
Querem um conselho?
Tenham cuidado, muito cuidado...
Em verdade vos digo que o papel higiénico é uma das  coisinhas que não se pode deixar de comprar de qualidade. Provavelmente só quem passou pela experiência magnífica de se limpar a um ouriço cacheiro sabe do que estou a falar. A coisa é mais custosa do que uma lixa, isso eu posso garantir. E não se resume apenas ao acto da higiene, propriamente dito. A sensação de que fomos depilados 700 vezes com cera no mesmo sítio perdura eternamente, ou antes, até à próxima descarga intestinal (delgadal, ou grossal...), em que se está naqueles 5 cinco segundos após, a pensar: "Ufa, já está", e nos lembramos no 6º segundo seguinte que chegou a hora da rebarbadeira entrar em acção novamente. Mas quem foi o fabricante que achou que nasciam calos a alguém em sítios destes????

Portanto, conselho bom e de borla: não se compra papel higiénico de marcas brancas, tá? Tá.

Sou mais que vossa mãe.


10 comentários:

  1. Já que estamos numa de partilha, eu compro os dos caezinhos que cheiram bem. E agora, que tipo de pessoa sou? :P

    ResponderEliminar
  2. Seria deveras inquietante adquirir um papel higiénico de marca intitulada "Pingo Doce"... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inquietante porquê? depende da alimentação né? :P

      Eliminar
  3. Outra coisa que acontece com o p. higiénico de marca branca, é acabarmos a limpar o cu com os dedos. Ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também pode acontecer!!
      Mas escusavas de vir "bandalhocar" o estaminé...
      looool

      Eliminar
  4. Só uso ouriços cacheiros de qualidade :)

    ResponderEliminar
  5. Para não falar no papel higiénico reciclado!! WTF!!!??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahah
      esse então... parece o papel que embrulhavam o peixe antigamente :)

      Eliminar