Follow by Email

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014


Nem sei que vos diga...
Queria escrever alguma coisa mas tenho a cabeça em água o que não é propriamente mau, sempre achei que existe muita liberdade dentro do fundo marinho (faz sentido dizer "dentro" do fundo marinho?) adiante...
A sério, “tou que nem posso”. Vou ali rastejar e arejar também, tratar de uns assuntos pendentes e pode ser que amanhã consiga articular 3 palavras seguidas em português moderno (ultimamente só me sai português arcaico ou então um português-ET) mas ainda consigo dizer uma coisa: "amo muito tudo isso!
" O "isso", é a vida que me rodeia. Confundidos? Também eu.
Bolas que foi difícil escrever estas 4 linhas...


1 comentário:

  1. A propósito disto, clicar aqui.
    Em exibição num blog perto de si, neste post, aqui.

    ResponderEliminar